On my way to Hollywood

Apaixonada por grandes e pequenas histórias. Sejam no papel ou na tela. Fa incondicional de Cate Blanchett

Então, você disse: oi, e ai, tudo bem? Tá muito ocupada? Tava precisando…

Doi, ai como doi,

mas doi menos que ontem.

Já me sinto forte.

Vai, se joga, não se importa.

Vai.

Deixa pra lá.

Porque eu já esqueci.

Não digo que não quero mais.

Se quiser, to aqui.

Se não, pode ir.

Se me pedir pra ficar, eu vou partir.

Cansei de me iludir.

Você sabe que não pode chamar a pessoa de amiga quando ela só te procura atrás de favores.

Ela confia realmente em você, porque ela sabe que você é trouxa e sempre vai ajudá-la.

Chegou a hora do basta.

Cansei.

Ainda doi, mas doi menos do que ontem.

Ainda me importo, menos do que ontem.

A vida flui, muito mais do que ontem.

Pelo menos eu me arrependo de não ter sido honesta, de ter falado que amava quando não amava…

Pelo menos eu me arrependo de não ter sido honesta, de ter falado que amava quando não amava…

Aos poucos, a gente percebe que vamos amadurecendo e ficando mais fortes. Aquilo que tanto nos importunava, não tira mais nosso sono. Com o tempo, o que era prioridade se transforma em ocasião.

Aquilo de que fazíamos questão, nem nos chama mais atenção.

Conseguimos a paz de espírito de que tanto ouvimos falar durante muito tempo.

As pessoas com as quais nos importavam, simplesmente somem de nossa mente. 

Tudo fica tão melhor, tão mais leve.

ah, a vida.

ah, o tempo.

Obrigada e desculpe-nos por não confiarmos que vocês têm tudo acertado para nós.